MENU
A ESCOLA      CARNAVAL 2016      NOTÍCIAS      HISTÓRIA      ARTIGOS      VIDEOS      FOTOS      CONTATO
história da escola      personagens históricos      presidentes      desfiles      enredos e classificações      sambas      premiações
       


Bira da Mangueira
(Ubirajara Maximino Rosário)
14/03/1933 - 09/08/2004

Nascido no Engenho de Dentro, bairro do subúrbio carioca, no dia 14 de março de 1933, era o segundo dos quatro filhos do sapateiro Manoel Maximino Rosário com Maria Hosana Rosário.

Desde jovem frequentava os ensaios da Mangueira, que mais tarde viria a ser a sua grande paixão, levado pelas mãos do compositor Zagaia. Após um teste, foi convidado a ingressar na ala dos compositores da Estação Primeira. Em 1965 assumiu o cargo de divulgador da ala e dois anos mais tarde, a convite do então presidente da agremiação, o saudoso Juvenal Lopes tornou-se divulgador da Mangueira.

Como naquela época não haviam muitas opções em matéria de divulgação, além da sempre eficaz "propaganda boca a boca", Bira inovou e procurou os meios de comunicações para divulgar o nome da Mangueira. Graças ao ótimo trabalho ficou conhecido como o melhor divulgador das escolas de samba. Em 1972 foi eleito presidente da ala dos compositores, acumulando assim as duas funções de presidente e divulgador da Escola.

Em 13 de maio de 1976, Bira foi eleito para presidir a Estação Primeira de Mangueira. Como presidente, oficializou a Velha Guarda da escola nos estatutos e levou a cantora Alcione para desfilar na Mangueira.

Após terminar seu mandato como presidente continuou trabalhando pela escola, na parte de divulgação e também auxiliando na direção de harmonia.

Faleceu em 09/08/2004, aos 71 anos de idade, vítima de infarto.

FONTE: Página oficial do Bira da Mangueira
http://www.bira.damangueira.nom.br/
REDES SOCIAIS

                                                  
LINKS PARCEIROS


© 2012 - Todos os direitos reservados ao proprietário do site |-|-|-| Sobre