MENU
A ESCOLA      CARNAVAL 2016      NOTÍCIAS      HISTÓRIA      ARTIGOS      VIDEOS      FOTOS     
       

SAMBAS-ENREDO DA
ESTAÇÃO PRIMEIRA DE MANGUEIRA

1938

"LACRIMÁRIO"

(Compositor: Carlos Cachaça)

Tenho um lacrimário extraordinário, lindo relicário
Que um dia fiz do meu sofrer
Fiz de agonia, fiz de nostalgia
Parte de um romance, sem acabar o meu viver

Quando às vezes quero lembrar sorrindo a minha dor
Abro o relicário onde guardei tudo que sofri
E para reler as promessas feitas de um beijo
Triste, chorando, revejo o romance que escrevi

Tenho um lacrimário extraordinário, lindo relicário
Que um dia fiz do meu sofrer
Fiz de agonia, fiz de nostalgia
Parte de um romance, sem acabar o meu viver

Guardo quase tudo que se refere ao meu sofrer
São páginas que leio sintetizando a minha dor
E todo o passado dolente , hoje revive
Não guardei porque não tive saudade de um falso amor


REDES SOCIAIS

                                                  
LINKS PARCEIROS


© 2012 - Todos os direitos reservados ao proprietário do site |-|-|-| Sobre